CLICK FOTO STUDIO

CLICK FOTO STUDIO

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Datafolha mostra Dilma e Marina empatadas com 34%; Aécio tem 15%

Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada nesta sexta-feira (29), indica uma situação de empate entre a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e a ex-senadora Marina Silva, candidata do PSB. Cada uma aparece com 34% das intenções de voto. A seguir, vem o senador Aécio Neves (PSDB), com 15%. Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada no último dia 18, Dilma tinha 36%, Marina, 21% e Aécio, 20%.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a ex-senadora alcançou 50% contra 40% da presidente. Na pesquisa anterior, Marina tinha 47% e Dilma, 43%.

No levantamento desta sexta, Pastor Everaldo (PSC) obteve 2%. Os outros sete candidatos somados têm 1%. Segundo o levantamento, os que disseram votar branco ou nulo são 7%, mesmo percentual dos que não sabem em quem votar.

Veja os números do Datafolha para a pesquisa estimulada (em que uma cartela com a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado):

Dilma Rousseff (PT): 34%
Marina Silva (PSB): 34%
Aécio Neves (PSDB): 15%
Pastor Everaldo (PSC): 2%
José Maria (PSTU): 0% *
Eduardo Jorge (PV): 0% *
Luciana Genro (PSOL): 0% *
Rui Costa Pimenta (PCO): 0% *
Eymael (PSDC): 0% *
Levy Fidelix (PRTB): 0% *
Mauro Iasi (PCB): 0% *
- Brancos/nulos/nenhum: 7%
- Não sabe: 7%

(*) Os candidatos indicados com 0% são os que não atingiram 1% das intenções de voto; somados, os sete têm 1%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo". O Datafolha fez 2.874 entrevistas em 178 municípios nestas quinta (28) e sexta (29). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00438/2014.

Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao entrevistado em quem ele pretende votar, sem apresentar a lista de candidatos), os resultados são os seguintes:

- Dilma Rousseff: 27%
- Marina Silva: 22%
- Aécio Neves: 10%
- Outras respostas: 3%
- Em branco/nulo/nenhum: 3%
- Não sabe: 32%

Segundo turno

Nas simulações de segundo turno, o Datafolha avaliou os seguintes cenários:

- Marina Silva: 50%
- Dilma Rousseff: 40%
- Brancos/nulos/nenhum: 7%
- Não sabe: 3%
- Dilma Roussef: 48%
- Aécio Neves: 40%
- Brancos/nulos/nenhum: 9%
- Não sabe: 4%

O Datafolha não realizou simulação de segundo turno entre Marina e Aécio.

Rejeição

A presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.

- Dilma Roussef: 35%
- Pastor Everaldo: 23%
- Aécio Neves: 22%
- Zé Maria: 18%
- Eymael: 17%
- Levy Fidelix: 17%
- Rui Costa Pimenta: 16%
- Luciana Genro: 15%
- Marina Silva: 15%
- Eduardo Jorge: 14%
- Mauro Iasi: 14%

Avaliação da presidente

A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma Rousseff tem a aprovação de 35% dos entrevistados – no levantamento anterior, eram 38%. O índice se refere aos entrevistados que classificaram o governo como "ótimo" ou "bom".

Os que julgam o governo "ruim" ou "péssimo" eram eram 23% e agora são 26%, segundo o Datafolha. Para 39%, o governo é "regular" – 38% no levantamento anterior.

- Ótimo/bom: 35%
- Regular: 39%
- Ruim/péssimo: 26%
- Não sabe: 1%


A nota média atribuída pelos entrevistados ao governo foi 5,9 – na pesquisa anterior, foi 6,0.

 Fonte: G1

JOVEM SOFRE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM SÃO DOMINGOS




 
O distrito de São Domingos em Brejo da Madre de Deus,registrou uma tentativa de homicídio na noite desta sexta-feira (29),foi alvejado á tiros o jovem Jonaci Felipe Barbosa,21 anos residente no mesmo distrito onde o fato aconteceu.O mesmo foi atingido aproximadamente por três disparos de arma de fogo nas costas.

Segundo informações a tentativa de homicídio aconteceu nas proximidades da sub-estação de energia elétrica,ainda de acordo com informações a vitima conseguiu correr fugindo dos algoses pela rua São João e vindo a cair na rua São Bráz,no loteamento José Monteiro.

A Policia Militar esteve no local fazendo o isolamento da área até a chegada do Samu e socorreu a vitima para o Hospital Municipal Raimundo Francelino,na cidade de santa Cruz do Capibaribe,mas devido á gravidade dos ferimentos o mesmo foi transferido para o Hospital Regional do Agreste em Caruaru.

Do:São Domingos Informa

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Oficina de teatro será realizada no Espaço Nordeste em São Domingos


Será realizado no mês de setembro, a oficina de “Iniciação ao teatro” que tem como objetivo dar noções básicas de interpretação teatral aos não atores ou iniciantes. As aulas serão aos sábados dias 06, 13, 20 e 27 de setembro, das 08h às 12h no Espaço Nordeste Brejo da Madre de Deus, localizado em São Domingos.

A oficina tem como objetivo trabalhar exercícios de expressão corporal, improvisação, leitura de textos, estimular a criatividade e comunicação, além de técnicas de respiração que promovem relaxamento e concentração. No final, haverá a entrega de certificados de conclusão.

Quem ministrará as aulas será o ator e diretor de teatro Felipe Beckham, caruaruense que participou de diversos festivais, filmes e espetáculos, que dentre eles se destacam 'O Coreto', 'Chá das 5', 'A serpente', 'Louca Família', 'O Beco' e outros. Ele que é diretor do Grupo de Teatro Estrelart, tem experiência em ministrar aulas de teatro para jovens, e participa de eventos, como por exemplo o halloween de um famoso parque de diversões de Pernambuco. Brejo da Madre de Deus é um município que se destaca com a vocação de seu povo para a cultura, em especial o teatro. Exemplo disto é a realização desde 1968 da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, no distrito de Fazenda Nova, considerado o maior espetáculo ao ar livre do mundo. Brejo já foi também cidade cenográfica para diversos filmes, como por exemplo 'A Compadecida'. Além disto, o município é lugar de onde se originou astros do cenário nacional, como Aramis Trindade, Diva Pacheco e outros.  São Domingos, mesmo sendo o maior distrito de Brejo, ainda não tem uma produção e casting teatral equivalentes ao da sede e de Fazenda Nova.

A oficina visa dar o pontapé inicial e incentivo para que sejam criados grupos de teatro e espetáculos no distrito.

Os interessados em participar devem ter idade acima dos 12 anos e a inscrição pode ser feita pelos telefones (81) 3705-1256 / 9461-3604 ou pessoalmente no Espaço Nordeste, que fica localizado na Rua Luis Cecílio de Santana, número 100, em frente ao Centro Educacional Infantil e próximo ao CRAS na rua principal do distrito. A oficina que é totalmente gratuita, é patrocinada pelo Banco do Nordeste, sendo realizada nas dependências do próprio Espaço Nordeste, que tem o apoio do INEC e a parceria institucional da Prefeitura do Brejo da Madre de Deus.


Fonte: Assessoria

TV Asa Branca mostra o fuzuê em Brejo após a mudança de prefeito

Dilma veta regras para criação de novos municípios

A presidente Dilma Rousseff vetou integralmente o projeto de lei aprovado no início do mês pelo Senado que definia critérios para criação, emancipação e fusão de municípios. A decisão foi publicada na edição desta quarta-feira (27) do “Diário Oficial da União”.

A proposta havia sido elaborada após Dilma vetar integralmente, no ano passado, uma proposta semelhante, sob o argumento de que aumentaria as despesas públicas. Diante da ameaça de derrubada do veto pelo Congresso Nacional, a base aliada no Senado elaborou um novo texto, em acordo com o governo federal, tornando mais rigorosos os critérios para a emancipação de municípios.

Na justificativa do veto, dirigida ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a chefe do Executivo federal afirmou ter consultado o Ministério da Fazenda sobre os possíveis efeitos da nova legislação. De acordo com Dilma, a pasta apontou que, embora negociado entre o governo e os parlamentares, o texto aprovado pelos congressistas geraria despesas para custear a criação dos novos municípios, mas não condicionava as emancipações ao aumento de receitas.

“Ouvido, o Ministério da Fazenda manifestou-se pelo veto ao projeto de lei complementar pelas seguintes razões: Embora se reconheça o esforço de construção de um texto mais criterioso, a proposta não afasta o problema da responsabilidade fiscal na federação. Depreende-se que haverá aumento de despesas com as novas estruturas municipais sem que haja a correspondente geração de novas receitas”, informou a presidente.

Após o veto de Dilma, emancipacionista se aproximam de Marina Silva 
Após anuncio mais uma vez de veto presidencial sobre a matéria das emancipações, emancipalistas de todo pais inclusive de Pernambuco, decidiram agendar encontro com a cúpula de Marina Silva. A articulação vem sendo traçada pelo movimento de Pernambuco que postula na Assembleia Legislativa mais de 30 distritos que estavam no páreo para virar cidades.
A presidente Dilma acabou mais uma vez com o sonho de vários distritos terem suas liberdades e as pessoas viverem em melhores condições com a divisão e aplicabilidade dos recursos constitucionais de forma mais justa para as sociedades.

Nós sociedade civis que fazemos o movimento de emancipação, somos a arma viva contra os interesses alheios a vontade popular, somos brasileiros não apenas na hora de votar, somos brasileiros para fazer a diferença contra as injustiças de um legrado de políticos interesseiros desse quilate. Que ponto chegou o governo de brincar com os sentimentos de uma legião de emancipalista que dormirão nas ruas da capital por mais de 08 vezes, defendendo um projeto, e este ser jogado duas vezes consecutivas pelas mesmas forças que detêm o comando do pais.
Neste pais democrático quem manda é o povo; e a raça desse povo bravo como diz a letra do hino nacional " brava gente brasileira, por onde vai temor seguir, ou ficar a pátria livre ou morrer pelo pais."  
Nós emancipalistas não desistiremos e vamos a luta, viva a liberdade.

Do Estação Notícias Fonte: G1 e Alberes Xavier

Marina abre 10 pontos de vantagem para Aécio Neves e venceria Dilma no segundo turno, diz pesquisa Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (26) aponta Dilma Rousseff (PT) com 34% das intenções de voto para presidente da República e Marina Silva (PSB), com 29%. O candidato do PSDB, Aécio Neves, tem 19%, seguido de Pastor Everaldo (PSC) e Luciana Genro (PSOL), com 1% cada. Os outros seis candidatos somados acumulam 1%.

O levantamento indica que, em um eventual segundo turno entre Dilma Rousseff e Marina Silva, a ex-senadora teria 45% e a atual presidente, que tenta a reeleição, 36%.

Encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo", a pesquisa é a primeira do Ibope com Marina Silva como candidata do PSB. No levantamento anterior do instituto, divulgado no último dia 7, o candidato do partido ainda era Eduardo Campos, que morreu em acidente aéreo no último 13. Naquela pesquisa, Dilma tinha 38%; Aécio  Neves (PSDB), 23%; e Eduardo  Campos (PSB), 9%.

De acordo com a pesquisa desta terça-feira, 7% dos entrevistados disseram não saber em quem votar e 8% responderam que votarão em branco ou nulo. Na pesquisa anterior, os que responderam não saber eram 13% e brancos e nulos, 11%.

O Ibope ouviu 2.506 eleitores em 175 municípios entre os últimos domingo (23) e terça-feira (25). O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00428/2014.
Confira abaixo os números na modalidade estimulada da pesquisa (em que o pesquisador apresenta ao entrevistado um cartão com os nomes de todos os candidatos) – todos os indicados com traço somam 1% das intenções de voto:

Dilma Rousseff (PT): 34%
Marina Silva (PSB): 29%
Aécio Neves (PSDB): 19%
Luciana Genro (PSOL): 1%
Pastor Everaldo (PSC): 1%
José Maria (PSTU): -
Eduardo Jorge (PV): -
Rui Costa Pimenta (PCO): -
Eymael (PSDC): -
Levy Fidelix (PRTB): -
Mauro Iasi (PCB): -
- Brancos/nulos/nenhum: 7%
- Não sabe: 8%
Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:

- Dilma Rousseff (PT): 27%
- Marina Silva (PSB): 18%
- Aécio Neves (PSDB): 12%
- Outros: 2%
- Brancos/nulos/nenhum: 12%
- Não sabe: 28%

Segundo turno

O Ibope simulou os seguintes cenários de segundo turno:

- Marina Silva: 45%
- Dilma Rousseff: 36%
- Brancos/nulos/nenhum: 9%
- Não sabe: 11%
- Dilma Rousseff: 41%
- Aécio Neves: 33%
- Brancos/nulos/nenhum: 12%
- Não sabe: 12%

Rejeição

Dentre os 11 candidatos a presidente, Dilma Rousseff tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Veja os números:

- Dilma Roussef: 36%
- Aécio Neves: 18%
- Pastor Everaldo: 14%
- Zé Maria: 11%
- Eymael: 9%
- Levy Fidelix: 9%
- Rui Costa: 7%
- Marina Silva: 10%
- Luciana Genro: 8%
- Mauro Iasi: 6%
- Eduardo Jorge: 7%

Avaliação da presidente

A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma tem a aprovação de 34% dos eleitores – no levantamento anterior, divulgado no último dia 7, o índice era de 32%. O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliaram o governo como "bom" ou "ótimo".

A pesquisa mostra ainda que o índice dos que desaprovam a gestão, ou seja, consideram o governo "ruim" ou "péssimo", é e 27% (31% no levantamento anterior). Consideram o governo "regular" 36% (na pesquisa anterior, 35%).

O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:

- Ótimo/bom: 34%
- Regular: 36%
- Ruim/péssimo: 27%
- Não sabe: 2%

 Fonte: G1

sábado, 23 de agosto de 2014

São domingos: Populares protestam contra decisão de ministro do TSE




Fotos: Estação Notícias e Patrulha do Agreste


Um protesto com centenas de pessoas movimentou as ruas de São Domingos, distrito de Brejo da Madre de Deus, na tarde desta sexta-feira (22).

Os manifestantes protestaram contra a decisão do ministro do Tribunal Superior Eleitoral, João Otávio de Noronha, que deferiu monocraticamente a sentença que possibilitou o retorno do prefeito Dr. Edson Sousa ao comando da Prefeitura de Brejo, anulando os efeitos da eleição suplementar que ocorreu em 2013, quando Roberto Asfora foi eleito.

Personalidades públicas e políticos ligados ao prefeito afastado Roberto Asfora estavam entre os manifestantes.




A ponte que liga o distrito de São Domingos ao município vizinho, Santa Cruz do Capibaribe, chegou a ser fechada pelos manifestantes.

Policiais militares e uma equipe do corpo de bombeiros estiveram no local.

Apesar da magnitude do protesto, não houve registro de feridos ou pessoas detidas.































fonte  ney lima

São domingos: Populares protestam contra decisão de ministro do TSE




Fotos: Estação Notícias e Patrulha do Agreste


Um protesto com centenas de pessoas movimentou as ruas de São Domingos, distrito de Brejo da Madre de Deus, na tarde desta sexta-feira (22).

Os manifestantes protestaram contra a decisão do ministro do Tribunal Superior Eleitoral, João Otávio de Noronha, que deferiu monocraticamente a sentença que possibilitou o retorno do prefeito Dr. Edson Sousa ao comando da Prefeitura de Brejo, anulando os efeitos da eleição suplementar que ocorreu em 2013, quando Roberto Asfora foi eleito.

Personalidades públicas e políticos ligados ao prefeito afastado Roberto Asfora estavam entre os manifestantes.




A ponte que liga o distrito de São Domingos ao município vizinho, Santa Cruz do Capibaribe, chegou a ser fechada pelos manifestantes.

Policiais militares e uma equipe do corpo de bombeiros estiveram no local.

Apesar da magnitude do protesto, não houve registro de feridos ou pessoas detidas.































fonte  ney lima